Resultado da pesquisa

  • Relata-se um caso de saculite anal em um canino de nove anos, macho, Cocker Spaniel, com hipotireoidismo. O animal apresentava constipação, havendo melhora após tratamento com levotiroxina. O animal voltou a ser atendido, onde se observou um aumento de volume dos sacos anais, além de secreção purulenta, sendo diagnosticada saculite. Realizou-se cultura microbiológica e antibiograma e o tratamento foi baseado em compressão manual e lavagem com solução fisiológica dos sacos anais e antibioticoterapia. A recuperação ocorreu após 10 dias de tratamento.

    Setembro - v. 11, No. 09, p. 840-946 (2017)

Idioma

Conteúdo da revista

Edicões