Resultado da pesquisa

  • A pediculose em gatos é incomum e pouco relatada. Existe uma altíssima especificidade de hospedeiro que facilita a identificação. Não sendo encontrado nenhum outro relato deste parasito no sul do estado do Rio de Janeiro (Quatis), que descreva a incidência de Felicola subrostratus nesta região do Brasil. Os sinais clínicos observados foram: Alopecias, tricorrexia, prurido intenso, irritabilidade, mudanças comportamentais, etc. Foi feita a identificação do parasito e o tratamento foi proposto, o qual foi bem-sucedido com a eliminação dos parasitos, e melhora dos sinais clínicos.

    Janeiro - v. 12, No. 01, p. 139 (2018)

Idioma

Conteúdo da revista

Edicões