Resultado da pesquisa

  • O objetivo deste estudo foi avaliar a presença de parasitos em fezes de pombos alojados nas edificações do campus do Vale da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Este campus conta com 99 prédios e 85 foram vistoriados. Amostras fecais foram recolhidas de 17 (20%) deles e o diagnóstico parasitológico se baseou nos métodos de Willis-Mollay (WM), Lutz e Ziehl-Neelsen modificado (ZNm). Por WM e Lutz foram diagnosticados ovos de ascarídeos nas fezes coletadas nos prédios: 1. Departamento de Ecologia; 2. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Larvas de nematóides foram recuperadas em fezes presentes em seis prédios: 1. Instituto de Informática; 2. Laboratório de Pesquisa do Centro de Biotecnologia; 3. Departamento de Minas da Escola de Engenharia; 4. Biblioteca do Instituto de Física; 5. Instituto de Química - Anfiteatro de Sala de Aula; 6. Laboratório de Informática. Por ZNm, as amostras foram negativas para oocistos de Cryptosporidium spp. As amostras fecais de pombos alojados nas edificações da universidade apresentaram estruturas parasitárias com potencial zoonótico. Conhecer esta diversidade é de fundamental importância para uma melhor gestão do manejo, preservando a saúde das pessoas que transitam pelo campus do Vale da UFRGS.

    Novembro - v. 11, No. 11, p. 1074-1187 (2017)
  • Campylobacter spp. é o agente etiológico mais prevalente em gastrenterites de causa alimentar na Europa e Estados Unidos, sendo o trato intestinal das aves domésticas o principal reservatório destes microrganismos. Objetivou-se determinar a prevalência Campylobacter spp. em frangos e reprodutoras pesadas por meio da análise de amostras de fezes coletadas por swabs cloacais de 279 matrizes e 29 frangos de corte. A positividade das matrizes foi de 13,97% (39/279) e dos frangos de 42,37% (12/29). A alta porcentagem de isolamentos alerta para a necessidade de monitoramento destes microrganismos e outras pesquisas que visem determinar as conseqüências da infecção nos índices zootécnicos dos plantéis avícolas e contaminação da carne produzida. 

    Out. 1 - v. 4, No. 33, p. Art. 931-937 (2010)
  • Acompanhar o grau de parasitismo das aves em uma granja que tem capacidade para 70 mil aves é muito importante, pois possibilita controle maior da produção, já que os endo e ectoparasitas são os maiores vilões da queda de produção desta cultura. Este trabalho teve como objetivo acompanhar e diagnosticar as ocorrências das parasitoses em aves caipiras (Gallus gallus domesticus) da linhagem Isa Label no município de Mossoró - RN. O experimento foi composto por secenta aves, dispostas na proporção de duas por gaiola, totalizando 30 gaiolas. Nas aves fez-se avaliação fecal para endoparasitas e visual para ectoparasitas. Verificou-se que um bom manejo sanitário das instalações antes do recebimento dos animais fez com que os animais ficassem isentos dos ectoparasitas, e a redução do tempo de contato desses animais com o solo no período de cria até a recria, possibilitou que os animais chegassem as gaiolas isentos dos vermes internos e assim permanecendo durante todo o período de coleta. 

    Mar. 1 - v. 4, No. 09, p. Art. 766-772 (2010)
  • O experimento foi conduzido com o objetivo de avaliar o coeficiente de digestibilidade aparente dos nutrientes de rações para juvenis de tambaqui com níveis crescentes de substituição do milho pela farinha de crueira de mandioca. Foram utilizados 336 juvenis de tambaqui com peso médio de 34,5 ± 6,5. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado com seis tratamentos e quatro repetições, perfazendo 24 unidades experimentais. As rações foram formuladas de modo a serem isoprotéicas (36% PB) e isocalóricas (3500 kcal ED/kg), com níveis crescentes de substituição (0, 20, 40, 60, 80 e 100%) do milho pela farinha de crueira de mandioca, correspondendo aos tratamentos controle, I, II, III, IV e V, respectivamente. Os peixes foram alimentados diariamente nos horários de 9:00, 13:00 e 17:30 horas, sendo as fezes coletadas por decantação na coluna da água em intervalos de uma hora. A determinação do coeficiente de digestibilidade aparente (CDA) foi realizada pelo método indireto, sendo utilizado como marcador externo 0,5% de óxido de cromo (Cr2O3) incorporados às rações. Os resultados demonstraram que a substituição total do milho pela farinha de crueira de mandioca em rações para juvenis de tambaqui não compromete a digestibilidade aparente dos nutrientes.

    Jul. 2 - v. 8, No. 14, p. 1698-1821 (2014)
  • Out. 2 - v. 6, No. 33, p. Art. 1460-1465 (2012)

Idioma

Conteúdo da revista

Edicões