Resultado da pesquisa

  • O objetivo deste trabalho foi avaliar o desempenho de dois grupamentos genéticos de novilhos F1 Angus*Nelore e Nelore em confinamento a pasto e sua viabilidade econômica. O experimento foi conduzido na Fazenda São Geraldo localizado no município de Bonito - MS. Foram utilizados 94 novilhos, sendo distribuídos em blocos casualizados, totalizando dois tratamentos. Tratamento 1 - 50 novilhos F1 Angus x Nelore peso médio de 459,32±14.35 Kg, Tratamento 2 - 44 novilhos Nelore com peso médio de 454,45±18.85 Kg. Analise de desempenho dos animais foi significativa para efeito (P<0,05), entre as raças de ganho de peso final, ganho de peso médio total, ganho de peso médio diário e rendimento de carcaça. Os animais F1 apresentaram maior ganho de peso médio total com 125 Kg e o Nelore com 120 Kg, representando um ganho de 5 Kg superior. O ganho de peso médio diário para o cruzamento F1 foi 1,525 Kg e o Nelore apresentou 1,277 kg, observando um desempenho de 22,3 % superior do F1 em relação ao Nelore. A análise econômica demostrou efeito para tratamento (P<0,05) para os custos operacionais (CO), receita operacional total (ROT), custo de capital (CK), margem bruta, margem liquida, resultado econômico, ponto de equilíbrio, margem liquida por kg de peso vivo. A lucratividade dos animais F1 com 14,74% e uma rentabilidade de 17,59%, enquanto os animais Nelore ficaram com 2,04% de lucratividade inferior e uma rentabilidade 14,86%. Conclui-se que o cruzamento entre animais Nelore e Angus com suplementação obteve maior desempenho de peso e rentabilidade.

    Setembro - v. 11, No. 09, p. 840-946 (2017)

Idioma

Conteúdo da revista

Edicões