Resultado da pesquisa

  • Objetivou-se analisar a viabilidade do transferidor de leite adaptado à tubulação de vácuo da ordenha, apresentar sua composição, seu funcionamento e indicadores nos aspectos de mão-de-obra e qualidade do leite. A pesquisa foi realizada em uma propriedade rural, no munício de Piranguinho, MG, onde se produz leite com características de agricultura familiar, durante o período de agosto de 2015 até junho de 2016. Os dados foram colhidos através de visitas realizadas na propriedade onde foram feitas entrevistas e observações sobre o uso do equipamento. Foram utilizados resultados de análises de leite, em um período com e sem o uso do transferidor, visando investigar possíveis alterações de qualidade do leite. Dentre os resultados encontrados, destaca-se a confecção do transferidor do leite adaptado ao vácuo da ordenha, com peças de baixo custo. Foi constatado, também, sua funcionalidade no transporte de leite, da sala de ordenha até o tanque de resfriamento, em substituição ao carregamento manual em latões. Não houve alteração significativa da qualidade do leite na contagem bacteriana total (CBT), quando se comparado períodos com ou sem o uso do transferidor de leite.

    Agosto - v. 11, No. 08, p. 744-839 (2017)
  • Além da crescente demanda por leite e derivados, recentemente a população tem dado maior importância a temas como sustentabilidade e bem estar animal. Sendo assim, os produtores estão se adequando às exigências do mercado consumidor através de sistemas para produzir de forma sustentável e com qualidade de vida aos animais, além de serem eficientes economicamente. O sistema silvipastoril permite combinar atividadessilviculturais e pecuárias, e assim aumentar a eficiência produtiva. Dentre os principais benefícios deste sistema produtivo estão a conservação do solo e dos recursos hídricos, a promoção do sequestro de carbono e o aumento da biodiversidade. Além destes, os animais criados neste sistema possuem menor risco de estresse térmico, devido à sombra advinda da arborização, favorecendo o bem estar animal. Portanto, o sistema silvipastoril representa uma alternativa adequada à produção de bovinos leiteiros, uma vez que vacas em lactação necessitam de condições climáticas ideais para expressarem seu potencial genético, resultando em alto desempenho produtivo. Contudo, este estudo objetiva obter uma melhor compreensão sobre a criação de bovinos leiteiros em sistema silvipastoril e sobre a influência em seu bem estar.

    Mai. - v. 10, No. 05, p. 356-447 (2016)
  • Objetivou-se analisar o efeito de alguns índices técnicos e gerenciais na rentabilidade de 20 unidades demonstrativas (UD) participantes do programa “Balde Cheio”, no estado do Rio de Janeiro, no período de janeiro a dezembro de 2011. Realizou-se a análise de rentabilidade considerando a margem bruta, a margem líquida, o resultado (lucro ou prejuízo), a rentabilidade e a lucratividade como indicadores de eficiência econômica. Para descrever os indicadores de rentabilidade, bem como os índices técnicos e gerenciais, foi utilizada a estatística descritiva por meio da média, desvio padrão, valor mínimo e valor máximo, calculadas utilizando-se o software estatístico SPSS 18.0. Os índices técnicos e gerenciais influenciaram na lucratividade e na rentabilidade nas propriedades estudadas. Os índices zootécnicos, porcentagem de vaca em lactação, vacas no rebanho e vacas em lactação no rebanho, produtividade animal/ha/ano e quantidade de vacas em lactação/ha foram considerados bons; porém, perceberam-se que embora as margens bruta e líquida sejam positivas, os produtores a longo prazo estão se descapitalizando, pois o resultado foi negativo.

    Jun. - v. 10, No. 06, p. 448-512 (2016)
  • O presente trabalho teve como objetivo analisar os custos de produção e avaliar a atividade produtiva de bovinocultura leiteira a pasto, na Fazenda Claro, no município de Vazante-MG, no período de 01 agosto de 2008 a 31 julho de 2009. A partir dos dados coletados na fazenda foi possível avaliar as seguintes características econômicas: receita com a venda de produtos, lucro, lucratividade, rentabilidade, capacidade de investimento, ponto de nivelamento, custos variáveis, custos fixos e custo operacional total. Realizando-se os cálculos de avaliação econômica concluiu-se que a atividade teve um custo total de R$ 376.177,71 e uma receita de R$ 386.744,05 perfazendo um lucro total de R$ 10.556,34, uma rentabilidade por litro de leite de R$ 0,788e um lucro unitário de R$ 0,022,obteve-se uma lucratividade de 2,73% e uma rentabilidade de 6,17%, demonstrando que o resultado da atividade foi positivo.

    Ago. 1 - v. 5, No. 28, p. Art. 1178-1184 (2011)
  • O presente artigo destaca a importância das informações contábeis aos produtores rurais e às projeções futuras para a pecuária de corte e leite. Aborda fatos históricos e a evolução da pecuária brasileira e do Rio Grande do Sul, através de duas raças, a holandesa como produtora de leite e a Aberdeen Angus como produtora de carne, em sistema intensivo de produção. A pesquisa usou análise de referenciais técnicos sobre bovinocultura de leite e de corte, e realizou um estudo de caso numa amostragem de trinta bovinos de corte e dez de leite. Verificou-se a importância destas atividades ao setor primário do Brasil e sua representatividade no exterior. As bovinoculturas foram analisadas e os resultados comparados, através da margem de contribuição operacional, identificando-se como a mais lucrativa, das atividades, destacando-se a bovinocultura leiteira como mais lucrativa 19,32% em sistema intensivo de produção pecuária de bovinos. Analisando as bovinoculturas de corte e leiteira em sistema intensivo, pode-se verificar que ambas as bovinoculturas são lucrativas e consorciadas podem trazer benefícios aos produtores rurais.

    Ago. 3 - v. 6, No. 26, p. Art. 1417-1422 (2012)

Idioma

Conteúdo da revista

Edicões