v. 11 No. 09 p. 840-946 (2017) >>

Desempenho e viabilidade econômica de novilhos em semi confinamento a pasto no Pantanal

  • Desempenho e viabilidade econômica de novilhos em semi confinamento a pasto no Pantanal

    Luiz Carlos Pereira, Álvaro Luiz Pinheiro Carneiro, Luís Carlos Vinhas Ítavo, Rodrigo Gonçalves Mateus, Elizeu Aparecido Messias, Aline Franco da Silva, Rafael de Oliveira Lima, João Victor de Souza Martins, Alysson Martins Wanderley

    Resumo

    O objetivo deste trabalho foi avaliar o desempenho de dois grupamentos genéticos de novilhos F1 Angus*Nelore e Nelore em confinamento a pasto e sua viabilidade econômica. O experimento foi conduzido na Fazenda São Geraldo localizado no município de Bonito - MS. Foram utilizados 94 novilhos, sendo distribuídos em blocos casualizados, totalizando dois tratamentos. Tratamento 1 - 50 novilhos F1 Angus x Nelore peso médio de 459,32±14.35 Kg, Tratamento 2 - 44 novilhos Nelore com peso médio de 454,45±18.85 Kg. Analise de desempenho dos animais foi significativa para efeito (P<0,05), entre as raças de ganho de peso final, ganho de peso médio total, ganho de peso médio diário e rendimento de carcaça. Os animais F1 apresentaram maior ganho de peso médio total com 125 Kg e o Nelore com 120 Kg, representando um ganho de 5 Kg superior. O ganho de peso médio diário para o cruzamento F1 foi 1,525 Kg e o Nelore apresentou 1,277 kg, observando um desempenho de 22,3 % superior do F1 em relação ao Nelore. A análise econômica demostrou efeito para tratamento (P<0,05) para os custos operacionais (CO), receita operacional total (ROT), custo de capital (CK), margem bruta, margem liquida, resultado econômico, ponto de equilíbrio, margem liquida por kg de peso vivo. A lucratividade dos animais F1 com 14,74% e uma rentabilidade de 17,59%, enquanto os animais Nelore ficaram com 2,04% de lucratividade inferior e uma rentabilidade 14,86%. Conclui-se que o cruzamento entre animais Nelore e Angus com suplementação obteve maior desempenho de peso e rentabilidade.

    Palavras-chave

    Bovinos , confinamento a pasto , cruzamento industrial , nutrição

    Texto completo:

Setembro

Idioma

Conteúdo da revista