v. 11 No. 06 p. 538-645 (2017) >>

Contabilidade ambiental: Caracterização do passivo ambiental gerado pelo Lixão em Jussara – Goiás

  • Contabilidade ambiental: Caracterização do passivo ambiental gerado pelo Lixão em Jussara – Goiás

    Stephany Alves Pereira de Araújo, Graciele Araújo de Oliveira Caetano, Pammela Ribeiro Bonfim de Lima, Denise Gomes Barros Cintra, Francillu Moura Leite, Nubia Reis de Paulo

    Resumo

    Os problemas ambientais fazem parte da vivência humana a muitos anos e isso foi ocasionado pela extração desenfreada dos recursos naturais, e pelo descarte dos materiais considerados inservíveis ao uso e consumo da sociedade. A lei 12.305/10 dispõe que governo, empresas e sociedade atuem na gestão dos resíduos sólidos, já que o descarte dos resíduos em locais inadequados causa prejuízo tanto a sociedade quanto ao meio ambiente. O município de Jussara-GO enfrenta problemas para se adequar à referida lei. No estudo de campo, foi demonstrado como os passivos ambientais oriundos do lixão, resultado de eventos passados, porém com a responsabilidade no presente e como a liquidação se faz por meio da saída de recursos que possam gerar benefícios econômicos, pois o descarte do lixo afeta toda a região causando diversos problemas ambientais. A pesquisa mostra, por meio de fotos, os diversos materiais descartados no lixão da cidade de Jussara, como caixas de papelão, plásticos, garrafas PET e de vidro, pilhas, baterias, lâmpadas florescentes, dentre outros materiais que prejudicam o ar, solo e recursos hídricos. O leitor será convidado a conhecer, através da leitura desse artigo, como a questão ambiental tem efeito na economia através do estudo do passivo ambiental gerado pelo lixão.

    Palavras-chave

    Passivo ambiental,Lixão,Destinação de Resíduos Sólidos

    Texto completo:

Junho

Idioma

Conteúdo da revista