v. 11 No. 04 p. 313-423 (2017) >>

Lipoma subcutâneo abrangendo as regiões cervical e peri-auricular de um canino: Relato de caso

  • Lipoma subcutâneo abrangendo as regiões cervical e peri-auricular de um canino: Relato de caso

    Francisco Lima Silva, Thiago Sousa da Silva, Fernando Barbosa de Sousa, Francisco Lisboa de Sousa Junior, Lia Jacyara Chaves Pereira, Jefferson da Cruz Silva, Francisca Barros Bezerra

    Resumo

    As neoplasias cutâneas são as mais frequentemente encontradas e diagnósticadas em pequenos animais, representando cerca de 30% dos tumores em cães com cerca de 70-80% de benignidade nessa espécie. O Lipoma, por sua vez, é considerado uma neoplasia mesenquimal comum benigna originada dos adipócitos ou células gordurosas subcutâneos e ocasionalmente dérmicos. O seu diagnóstico é realizado por meio da observação dos sinais clínicos e exames complementares (hemograma, bioquímica sérica, exames de imagem, e exames de cito e histopatológico). O tratamento cirúrgico por meio da excisão tumoral é um tratamento de eleição, podendo ser associada com radioterapia adjuvante, caso a excisão seja incompleta. O prognóstico para esse tipo de neoplasia pode ser considerado favorável para os lipomas bem circunscritos, sendo reservado para os tumores infiltrativos visto que o percentual de recidivas é alto podendo causar a destruição de tecidos adjacentes. Com base nisso o referido trabalho tem como objetivo relatar o caso clínico de um canino, fêmea, 10 anos de iade, 5,05 kg, Pinscher acometida por um lipoma situado na região cervical esquerda abrangendo a região peri-auricular do mesmo antímero atendido no Hospital Veterinário Unversitário da Universidade Federal do Piauí-UFPI.

    Palavras-chave

    Canino , cirurgia , lipoma , neoplasia cutânea

    Texto completo:

Abril

Idioma

Conteúdo da revista