v. 11 No. 3 p. 207-312 (2017) >>

Boas práticas de fabricação em agroindústria familiar de processamento de guariroba

  • Boas práticas de fabricação em agroindústria familiar de processamento de guariroba

    Vera Lúcia Maria de Brito, Karyne Oliveira Coelho, Talita Silva Freitas, Lorrayne Lays Ferreira Leite, Clarice Backes, Fernanda Rodrigues Taveira Rocha

    Resumo

    Objetivou-se avaliar a aplicação das boas práticas de fabricação (BPF) em uma agroindústria familiar de processamento de guariroba na cidade de Aurilândia/Goiás. O trabalho foi realizado em uma pequena unidade agroindustrial de processamento de Guariroba, na zona rural de Aurilândia, Goiás, durante o período de setembro a dezembro de 2015. Foi utilizada uma adequação da lista de verificação proposta pela Resolução da Diretoria Colegiada 275. A taxa de adequação do estabelecimento foi de 88%. A agroindústria de processamento de guariroba analisada apresentou condições positivas para realizar o processamento de alimentos para humanos. Conclui-se que a implantação das BPFs nesta empresa foi executada com sucesso, atingindo os objetivos propostos, observando o quanto é complexa a implantação na íntegra das BPFs e que há necessidade de melhorias constantes, utilizando-se as ferramentas da qualidade.

    Palavras-chave

    agricultura familiar, alimento , controle , gestão , qualidade

    Texto completo:

Março

Idioma

Conteúdo da revista