v. 11 No. 2 p. 103-206 (2017) >>

Priapismo em cão tratado com penectomia seguida de uretrostomia: Relato de caso

  • Priapismo em cão tratado com penectomia seguida de uretrostomia: Relato de caso

    Francisco de Assis Coelho Campelo Junior, Hermógenes Josniel Rocha Macedo, Aline Silveira Feitosa, Argeu Anfrisio Alves, Átilla Holanda de Albuquerque, Cynthia Levi Baratta Monteiro, Richard Elâino de Oliveira Ferraz

    Resumo

    O priapismo é definido como uma ereção persistente do pênis, frequentemente dolorosa que aspira mais do que 4 horas, na ausência de estímulo ou desejo sexual. É uma patologia pouco frequente em cães com baixo número de casos descritos na literatura veterinária. A penectomia seguida uretrostomia é recomendada como um dos tratamentos em muitos casos, por exemplo, em neoplasias difusas e lesões pós-traumáticas. O objetivo desse trabalho é relatar um caso de trauma e necrose peniana secundária a priapismo em um cão paraplégico tratado com penectomia seguido de uretrostomia escrotal. A penectomia com uretrostomia provou ser uma boa alternativa para evitar as repercussões de priapismo em cães.

    Palavras-chave

    Cão , Priapismo; uretrostomia escrotal

    Texto completo:

Fevereiro

Idioma

Conteúdo da revista