v. 11 No. 01 p. 1-102 (2017) >>

Piometra e hiperplasia vaginal em cadela: Relato de caso

  • Piometra e hiperplasia vaginal em cadela: Relato de caso

    Karina de Kássia da Silva Sales, Nhirneyla Marques Rodrigues, Andressa Kelly Barbosa Rufino, Pedro Márcio da Silva Luz

    Resumo

    Na rotina médico-veterinária de cães e gatos há uma grande ocorrência de enfermidades que acometem o trato reprodutivo desses animais, acometendo em grande parte as fêmeas, podendo trazer conseqüências sérias como a infertilidade. Dentre as muitas patologias reprodutivas, citam-se com grande casuística a piometra (hiperplasia endometrial cística) e menos comumente a hiperplasia vaginal. A piomeira tende a ocorrer mais freqüentemente em cadelas de meia idade ou animais idosos. Já a hiperplasia vaginal, acomete cadelas jovens devido à ação de estrogênio. Objetivou se com o presente estudo, relatar o caso de uma cadela, envolvendo ambas patologias. O tratamento de escolha realizado foi uma ovariosalpingohistectomia (OSH) e a paciente recuperou-se bem. Conclui-se que emergências reprodutivas requerem um diagnóstico adequado e tratamento mais precoce possível para evitar maiores danos à saúde no animal. A OSH mostrou-se efetiva e curativa nestas patologias.

    Palavras-chave

    ciclo-estral , estrogênio , ovariosalpingohisterectomia , infecção

    Texto completo:

Janeiro

Idioma

Conteúdo da revista