v. 11 No. 01 p. 1-102 (2017) >>

Ganho em peso médio diário de diferentes grupos genéticos de bovinos de corte

  • Ganho em peso médio diário de diferentes grupos genéticos de bovinos de corte

    Aluísio de Alencastro Filho, Wilian Vaz Silva, Breno de Faria Vasconcelos, Rodrigo Zaiden Taveira, Felipe Eguti de Carvalho

    Resumo

    O ganho em peso médio diário consiste em importante ferramenta no monitoramento do desempenho de bovinos em confinamento, tendo em vista o aproveitamento dos alimentos oferecidos. Neste sentido, objetivou-se avaliar o ganho em peso médio de diferentes grupos genéticos de bovinos de corte submetidos a engorda em sistema de confinamento. Foram utilizadas informações de 17.704 bovinos machos não castrados de três distintos grupos genéticos, sendo Nelore, Aberdeen Angus e Composto Montana. Todos os animais foram alimentados com a mesma dieta e mantidos em confinamento por 124 dias até o abate. Os dados foram analisados pelo programa Statistical Analysis System (SAS) e as médias comparadas entre si por meio da utilização do teste de Tukey, ao nível de significância de 5%. O ganho em peso médio diário foi de 1,50 kg/dia, 1,33 kg/dia e 1,43 kg/dia, para os grupos genéticos Aberdeen Angus, Nelore e Composto Montana respectivamente. Pode ser percebido superioridade no desempenho, medido pelo ganho em peso médio diário, dos animais do grupo Aberdeen Angus, em detrimento aos outros dois grupos.

    Palavras-chave

    confinamento , desempenho , produção animal

    Texto completo:

Janeiro

Idioma

Conteúdo da revista