v. 5 No. 26 p. Art. 11765-1170 (2011) >>

Glicerina bruta na alimentação de aves e suínos

  • Glicerina bruta na alimentação de aves e suínos

    Ana Paula Cardoso Gomide; Anderson Lazarini Lima; Paulo César Brustolini; Aloizio Soares Ferreira; Bruno Andreatta Scottá; Larissa Rdrigues de Azevedo Câmara

    Resumo

    No atual contexto mundial, em que o milho está sendo usado para a produção de etanol, a utilização de alimentos alternativos para a alimentação animal assume papel relevante. A suinocultura e avicultura brasileira têm passado por constantes períodos de instabilidade, principalmente pelo baixo preço do produto associado aos custos elevados de produção e a alimentação tem sido o componente de maior participação no custo total de produção, representando um percentual de 70,0 a 75,0 % dos custos totais da atividade. Devido a isso e em virtude dos ingredientes mais utilizados nas rações de suínos e aves no Brasil serem o milho e o farelo de soja, qualquer variação no preço destes insumos pode ter reflexos diretos na margem de lucro do produtor. Nos últimos anos, esforços de pesquisas envolvendo a utilização de alimentos alternativos, com destaque para os subprodutos ou resíduos resultantes do processamento industrial de produtos agrícolas e de práticas modernas de mecanização, vêm despertando o interesse da comunidade científica. As pesquisas têm sido fundamentais para que se descubram novas formas de utilização dos produtos e subproduto e as limitações destes para as diferentes categorias animais dentro de cada espécie. Atualmente, além das pesquisas do ramo agropecuário, estudos sobre o emprego de fontes renováveis de energia têm sido intensificados. Entre as fontes renováveis tem recebido grande atenção o biodiesel. Porém, o aumento da produção de biodiesel só poderá ser economicamente viabilizado, se forem encontradas novas aplicações para os subprodutos gerados, como por exemplo, a glicerina bruta. Tem-se constatado que para cada 90m³ de biodiesel produzido pela reação de transesterificação, são gerados 10m³ de glicerina bruta. A glicerina quando purificada pode ser usada na produção de tabacos, na indústria alimentícia, em bebidas e para produção de cosméticos. No entanto, são necessários processos complexos e de alto custo para que essa matéria-prima alcance as exigências em grau de pureza necessárias para estes fins. Com o recente impulso na produção do biodiesel e a disponibilidade de grande quantidade de glicerina bruta, tem havido interesse no seu uso em rações para animais. Há estudos, cujos resultados indicam a possibilidade de uso deste subproduto em rações como fonte de energia para suínos e aves, pois ela é rica em energia.

    Palavras-chave

    biodiesel , glicerina bruta , nutrição , alimento alternativo

    Texto completo:

Jul. 3

Idioma

Conteúdo da revista